Caso de sucesso: loja de discos Passa Disco

Em 2003, o pernambucano Fábio Cabral decidiu abrir uma loja de discos na zona norte do Recife. Ao longo dos oito anos de atividade, ele viu várias lojas de pequeno porte fecharem as portas devido à queda no faturamento. Contrariando todas as expectativas, as receitas da Passa Disco crescem ano após ano. Em uma curta entrevista por e-mail, Fábio “Passadisco” Cabral falou sobre sua visão do mercado fonográfico brasileiro.

Qual sua principal estratégia para permanecer no mercado com tantas lojas de discos fechando as portas?

Desde o ínicio da Passa Disco nossa estratégia é a mesma: focar nossas vendas nos artistas independentes, principalmente os pernambucanos. E sempre que possível promover lançamentos, tardes de autógrafos, pocket-shows. Lançamos também dois volumes da coletânea “Pernambuco cantando para o mundo”, com participações de nomes como Lenine, Lula Queiroga, Eddie, Fim de Feira, Josildo Sá, Dominguinhos, Geraldo Maia, Silvério Pessoa, Alessandra Leão, Isaar, Mazuca de Agrestina, Maciel Melo, Maciel Salu, Mônica Feijó, Spok Frevo Orquestra, Cláudio Almeida, entre outros.

Você acha que o CD está com os dias contados no Brasil?

Que nada, o CD ainda terá uma longa caminhada. E a facilidade de gravá-los fará que a cada ano a produção aumente. Só esse ano já foram lançados mais de 100 títulos de artistas pernambucanos. Os CDs já foram lançados, os jornais e os blogs já comentaram, só falta as rádios tocarem nossos artistas para que todo mundo saia ganhando.

Que conselho você daria ao músico sobre estratégias para a produção e a distribuição de CDs?

Procurar ser autêntico, sem repetir fórmulas. Caprichar no projeto gráfico e tentar baratear ao máximo o preço final para o consumidor.

12 comments

  1. Valéria Pereira says:

    Além do atendimento ímpar, a Passadisco tem uma variedade que ninguém tem. Fábio conhece os CDS, o que o diferencia dos demais. É impossivel sair dali sem um…a não ser que vc entre sem ter como pagar ; 0 ( Parabéns Fábio.

  2. Josias Pimentel de Almeida says:

    Sou fã e colecionador de Maciel Melo, mas falta no meu acervo os cds “NASCENTE”, “RETINAS” e “JANELAS”. Você os tem? Envia para João Pessoa? Quais os preços já incluído frete?

    Quais obras de Xico Bizerra vc tem? E os preços?

  3. Erivaldo Alves de Oliveira says:

    Na verdade, uma pergunta. Por que a Passa Disco não disponibiliza seus cds e dvds para venda on line (loja virtual)? Estou em Brasília e tenho interesse em comprar cds e dvds de artistas do nordeste, porém fico impossibilitado em virtude de não encontrar uma loja virtual específica.

  4. Bruno Cavalcanti says:

    na loja do meu amigo Fabio, é onde agente encontra tudo de MPB da mas alta qualidade eo melhor do autentico forro pé de serra, e por isso que a passa disco sobrevive até hoje e vai continuiar existindo.

  5. Frank says:

    Preciso de um help, estou abrindo uma loja de discos e acessórios de Rock e estou precisando saber quem distribui os discos, lps, dvds as lojas de disco? Quais empresas? São as gravadoras?
    Vlwww,

  6. josé hertz says:

    A passa disco vem mantendo a tradição de antigas casas de disco, hoje em dia cada vez mais difícil de encontrarmos, podemos classificar a passa disco, com sendo: UM OÁSIS MUSICAL NESSE DESERTO DE RÉ MENOR.

  7. Fábio Gondim says:

    A Loja Passa Disco é arretada do boa e bonita, com uma decoração de encher os olhos, com muito bom gosto. Pensou numa loja de disco porreta? Pense na Passa Disco do meu xará Fábio. O atendimento nem é bom falar: é o 10 e a variedade musical é ampla e cheia de coisa boa, MPB da melhor espécie e o nosso cancioneiro regional é completo. Não é “O Buraco da Otília” mas tem de tudo um pouco. Vale visitar, e comprar, é claro…

    Abs. Fábio Gondim

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *