“A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo.”

A frase acima é de autoria de Peter Drucker, o papa da Administração. A ideia central é o papel de sujeito ativo (protagonista) que o empreendedor desempenha frente ao mercado em que atua, seja no microambiente (colaboradores, fornecedores, distribuidores, concorrentes, clientes) ou no macroambiente (sociedade, política, economia, tecnologia, meio ambiente).

A visão de futuro é um requisito fundamental para definir a direção a ser seguida. A visão precisa ser positiva, inspiradora e desafiadora para ter o poder de moldar o futuro da carreira de um empreendedor. Todo artista sonha em alcançar um determinado patamar na carreira. A visão, portanto, é o resultado desse sonho em ação. É a teoria aplicada em um contexto.

Para tornar o futuro imaginado em uma realidade concreta, o empreendedor define as prioridades, organiza os recursos, dirige as pessoas, executa as tarefas, avalia os resultados e toma decisões corretivas. Como diria Joel Barker: “Uma visão sem ação não passa de um sonho. Ação sem visão é só um passatempo. Mas uma visão com ação pode mudar o mundo”.

2 comments

  1. Sonia Barbosa says:

    Caro Leo:

    Gostei muito do seu comentário acima e concordo com ele. Gostaria muito de ter o seu e-mail para podermos conversar. Lembra-se de mim? Sou amiga de Amélia e Marcelo há muito tempo e morei no mesmo edifício que vocês na Rua da Amizade. Fernando, Cláudio e Daniel, lembram-lhe algum tempo em sua vida? Fiquei muito feliz com sua carreira de sucesso.
    Se puder, me retorne. Grata,
    Sonia

  2. Danyelle says:

    Boa noite, gostaria de saber o nome do livro em que Peter Drucker cita a frase: “a melhor maneira de prever o futuro é cria-lo”.

    Aguardo
    muito obrigada Dany

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *