Ecad distribui primeira parcela relativa aos direitos autorais sobre músicas veiculadas no YouTube Brasil


As associações de música e o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) acabam de divulgar informações sobre a primeira distribuição de direitos autorais provenientes do canal de vídeos YouTube.

Em junho foram pagos os valores referentes ao período de junho a dezembro de 2010, somente em relação aos acessos feitos ao YouTube no Brasil. Foram distribuídos R$ 67.387,81 para 6.482 titulares (autores, editores, intérpretes, músicos e produtores fonográficos).

O critério para distribuição dos valores arrecadados do YouTube Brasil é o ranking das músicas mais executadas, considerando todos os vídeos acessados. Uma linha de corte foi criada para que o valor mínimo distribuído por música seja de pelo menos R$ 1,00 – de modo a viabilizar tecnicamente o repasse.

A identificação das músicas e de seus titulares foi realizada com base nas informações repassadas pelo Google ao Ecad sobre os fonogramas utilizados: quantidade de visualizações dos vídeos no Brasil, título das obras, autores, intérpretes e os links dos referidos vídeos para conferência.

Vídeos caseiros com música de fundo também entram na amostragem do Ecad, desde que contenham músicas que estejam cadastradas no sistema de gestão coletiva administrado pelo órgão brasileiro.

Veja abaixo alguns números relacionados a esta primeira distribuição:

  • R$ 67.387,81 reais distribuídos
  • 6.482 titulares beneficiados
  • 5.959 fonogramas executados
  • 1 bilhão 644 milhões 638 mil e 267 execuções de músicas
  • Execuções da primeira música do ranking: 27 milhões 191 mil e 690 vezes
  • Execuções do último fonograma do ranking: 58 mil e 850 vezes

Os 20 autores e intérpretes com maiores rendimentos:

  1. Justin Bieber
  2. Lady Gaga
  3. Alex Peris
  4. Sorocaba (dupla fernando & sorocaba)
  5. Carosone Renato
  6. Eminen
  7. Adam Smith
  8. Victor Chaves (dupla victor & leo)
  9. Red One
  10. Akon
  11. Euler Coelho
  12. Ne Yo
  13. Edward Maya
  14. Pitty
  15. Ludacris
  16. Jorge (dupla jorge & mateus)
  17. Rihanna
  18. Nisa
  19. David Guetta
  20. 50 Cent

Em 2010, o Ecad e o Google, proprietário do YouTube, assinaram uma carta de intenções que prevê o pagamento de direitos autorais de execução pública relativo às músicas executadas no canal de vídeo YouTube no Brasil. Ficou estabelecido o percentual de 2,5% sobre o faturamento da empresa no país a título de valor referente aos direitos autorais. A distribuição dos valores arrecadados do You Tube será realizada pelo Ecad no final de cada semestre, em relação ao semestre anterior.

O Ecad é uma instituição privada sem fins lucrativos criadas pela lei 5.988/76 para centralizar a arrecadação e a distribuição de direitos autorais de execução pública musical no Brasil. O órgão é administrado por uma diretoria executiva que cumpre as normas deliberadas por uma Assembléia Geral. A Assembléia Geral do Ecad é formada por nove sociedades de autor: ABRAMUS, AMAR, SBACEM, SICAM, SOCINPRO, UBC, ABRAC, ASSIM e SADEMBRA.

    4 comments

    Leave a Comment

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *